Edir Macedo: nova palhaçada na Rede Record

19:20Rafael Fernando Rodrigues

- Por Marcos Melo / Lorena Brum -
Mais uma vez o desespero de Edir Macedo se aflora e ele volta a atacar o movimento pentecostal e a cantora Ana Paula Valadão, tentando denegrir e ridicularizar estas igrejas e, novamente, a cantora gospel. Neste domingo, o programa Domingo Espetacular, da TV Record, exibiu uma extensa reportagem sobre o tema “Cair no Espírito”, que causou grande polêmica e escandalizou espectadores de diversas religiões, inclusive denominações evangélicas.
Segundo o programa, a reportagem durou duas semanas para ser preparada, porém o tema discutido há mais de 20 anos, foi tratado na matéria como uma ‘seita’ pelo seu fundador, o pastor Jacob Goldberg, que em sua entrevista diz ter se arrependido de ‘começar’ esse movimento e hoje o critica. O tema já foi amplamente discutido entre teólogos e pastores através de dezenas de livros e artigos ao longo das últimas décadas.
Os evangélicos, principalmente os pentecostais, não se agradaram nem um pouco da reportagem e no Twitter o assunto tornou-se rapidamente um dos mais comentados, alcançando o primeiro lugar no Trending Topics (assuntos mais comentados do momento).
A chamada da TV Record dizia: “culto que atrai cada vez mais seguidores no Brasil e no mundo, e chama a atenção por expor seus membros a rituais perigosos e intrigantes. Comandados por um líder religioso, os fiéis ficam imóveis, caem e se debatem, em transe, no chão; muitas vezes, todos ao mesmo tempo. O Domingo Espetacular investigou o fenômeno e entrevistou ex-fiéis, psicólogos e neurologistas. Em uma conversa exclusiva com a repórter Heloísa Vilela, um dos fundadores do movimento, arrependido, revela que as práticas vão contra às Escrituras Sagradas e pede que os brasileiros e os pastores não adotem essa doutrina, pois, segundo ele, não se trata de uma manifestação sagrada”.
Uma nova onda de protestos contra a Rede Record pelo twitter gerou expressivas críticas a respeito da emissora ligada à Igreja Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo, que em outros momentos também já teria despertado indignação ao veicular matérias sobre questões de fé. Além disso, muitos faziam chacotas com os crentes, os acusando de serem ‘burros’ e facilmente ‘manipulados’, enquanto outros tentavam defender a prática usando experiências próprias e citando versículos bíblicos.
Em vídeo, o pastor Silas Malafaia comenta o caso:

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Formulário de contato